A Diversidade de Sonia Delaunay

Sonia Delauney (1885 –1979)

sonia+33

Desde cedo Sara Élievna Stern (Sônia Delaunay), nascida na Ucrânia em 1885, tem contato com a arte. A partir dos 5 anos vivendo em São Petersburgo, Sonia visitou museus e galerias e a partir daí adquire o gosto pela pintura. Aos 19 anos segue para a Alemanha para estudar na Academia de Belas Artes de Karlsruhe. Durante esses anos, Sonia percebe, como grande parte dos artistas desta época, que é em Paris que está seu futuro, é em Paris que tudo acontece, onde estão ou estiveram grandes mestres.

Encantada com Van Gogh, Gauguin, Matisse e Manet, a influência de grandes pintores como Van Gogh, Gaugin, Matisse e Manetse, são evidentes evidente em telas como:

 Deux Filletes Finlandaises: (1907)

sonia+1

Nu Jaune: (1908)

sonia+

 

  “Jeune Fille endormie” (1907).

sonia+2

 Nestes retratos, as cores puras e vibrantes bem como os contrastes fortes já fazem parte das composições e do gosto da jovem artista, que, contudo, ainda está em busca de uma identidade, de um estilo.

Em Paris desde o final de 1906, tudo acontece numa velocidade alucinante. Sonia participa de uma exposição coletiva logo no ano seguinte ao da sua chegada ao lado de Braque, Picasso, Derain e outros. Sua primeira exposição pessoal acontece no ano seguinte, também na mesma galeria da exposição coletiva, a Notre-Dame-des-Champs.

Após um casamento relâmpago com o marchand Wilhelm Uhde, em 1910 Sonia se casa com Robert Delaunay. É ao lado dele, seu marido e companheiro de ofício, que Sonia funda O Simultané, uma nova espécie de arte que fará do casal os pioneiros da abstração.

sonia+3

 

Durante a Primeira Guerra, o casal visita a Espanha e se instala em Portugal. A cultura, a luz e as cores fortes desses países impregnam o trabalho da artista. É no ritmo da dança dos países ibéricos que os pincéis de Sonia Delaunay vão encontrar o caminho para suas composições dinâmicas e estilizadas. Dançarinos e mercados de rua aparecem em suas telas, nas quais as composições arrendondadas começam a aparecer e dão a nítida sensação de movimentos circulares.

 

Le Ball Bullier: (1912)

sonia+4

O casal Delaunay viveu na Vila do Conde em Portugal entre o verão de 1915 e inícios de 1917 numa casa que chamaram de “La Simultané” . Esse período que passou em Vila do Conde, foi considerado por Sonia uma fase particularmente feliz e fonte de inspiração. Em Portugal realizou importantes obras inspiradas na arte popular Portuguesa.

 

Mercado no Minho: (1915)

sonia+6

Depois de um  tempo de permanência entre Portugal e Espanha, Sonia Delaunay  viveu em Paris a partir de 1921, continuando a pintar até a sua morte, em 1979.

 

Considerada um dos vultos mais salientes da Art Déco, Sónia Delaunay desenhou moda, fez decoração de teatro e bailado.

Le Coeur á Gas:  Peça teatral de Tristan Tzara (1923)

 

sonia+7 sonia+9sonia+10  sonia+11

 

 

Figurinos para o ballet Cleópatra (1918) produzido pelo bailarino e coreógrafo russo Sergei Diaghilev, e Figurinos do filme Le P’tit Parigot (1926) dirigido por René Le Somptier.

 sonia+13 sonia+15sonia+12 sonia+16 sonia+14

 

 

Criou tecidos e peças de mobiliário. Chamou aos seus tecidos pintados à mão “contrastes simultâneos”, expressão que refletia o seu interesse pelas relações cromáticas.

sonia+17 sonia+18 sonia+21 sonia+20 sonia+19

 

 

Em uma histórica apresentação em 1979  no programa Saturday Night Live, David Bowie aparece no palco  em trajes enigmáticos  desenhados por ele próprio e Mark Ravitz, inspirado pela obra Dadaísta de  Sonia Delaunay “Le Coeur à Gaz “.Uma espécie de barril rígido em forma de smoking que permitia apenas movimentos robóticos.

bowie2bowie3 bowie9


Bowie, encantado com as formas de Sonia Delaunay, inspirou todo o figurino de suas duas próximas turnês “Ashes to Ashes” e “Scary Monsters”. É muito fácil perceber essa influência.

sonia+35 bowie6 bowie7

 

 

 

Sonia Delaunay tornou-se uma referência eterna para a moda. É o que dá para perceber nos modelos Prada, Missoni, Jean Paul Gaultier entre outros.

sonia+23  sonia+25sonia+26 sonia+34

 

 

 A artista em 1977

sonia+27

 

 

 

Algumas de suas grandes obras:

Rythme  (1938)

sonia+28

Rythme Couleur (1964)

sonia+29

 Obras de Sonia Delaunay estiveram expostas recentemente  em uma grande exposição no  Musée d’Art Moderne de La Ville de Paris.

 sonia+32 sonia+30

Fontes:

  • Wikipedia
  • Pinterest
  • Lilian Pacce
  • Viagem Certa

 

 

(Visited 1.214 times, 1 visits today)
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
0