Carnaval no Palco de Veneza por Viviane de Oliveira Figueiredo

 

Carnaval em Veneza

Foto de Luciana de Oliveira Figueiredo/2015

 

Misterioso, fascinante, silencioso, o carnaval de Veneza pode não ser o mais imponente, nem o mais popular, mas é sem dúvida o mais romântico!

Antiquíssimo, suas origens perdem-se nas brumas do tempo, em um nevoeiro de segredos, em antigas tradições de cultos ancestrais. Provém das festas por ocasião da passagem de estação, quando o inverno dá lugar à primavera, e dos cultos dionisíacos, cujo lema era: “uma vez por ano é permitido não se ter freios”.

 

Carnaval em Veneza 3

Foto de Luciana de Oliveira Figueiredo/2015

 

Era a ocasião em que as classes sociais mais baixas tinham permissão para igualar-se, por apenas um breve período, aos ricos e poderosos, escondidas atrás das tão famosas máscaras venezianas e podendo assim zombar publicamente da classe abastada. Uma bem estudada válvula de escape, que mantinha sob controle as tensões sociais.

 

Viviane no bar

Foto de Viviane de Oliveira Figueiredo/2015

 

Houve uma época em que o carnaval começava na primeira semana de outubro, intensificava-se depois do Dia dos Reis e alcançava o ápice alguns dias antes da Quaresma. Hoje dura apenas 10 dias antes da Páscoa, mas na realidade a febre do carnaval começa muito antes.  Aliás, poderia-se até mesmo dizer que continua durante todo o ano, quase imperceptível, como uma sutil euforia que se insinua por entre as ruas da cidade, cresce com a mesma naturalidade da água que circunda Veneza,, esfumando o contorno das casas, dos becos, sugerindo mistérios jamais vindos à tona e mergulhando a cidade, tudo e todos, em um lapso de tempo indefinido, distribuído entre vários passados distantes.

 

Viviane Porteiro no hotel..

Foto de Viviane de Oliveira Figueiredo/2015

 

Veneza no carnaval, é teatro do começo ao fim. E’ o pano de veludo carmim levantado deixando à mostra uma atmosfera profundamente imersa na história, um encontro a cada passo, literalmente, com Maria Antonieta, a Imperatriz Sissi, Wagner, Byron, Pulcinella, Colombinas e Arlequins dos mais variados e coloridos. Uma contínua viagem ao longo dos tempos a cada bar, a cada restaurante, pelas ruas.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Foto de Viviane de Oliveira Figueiredo/2015

 

 

carnaval em Veneza 2

Restaurante em Veneza, foto de Luciana de Oliveira Figueiredo/2015

 

Carnaval romântico, onde os personagens amam entrar no clima de suas fantasias, respiram um romantismo que retorna e que sai pelos poros da cidade, em cada gesto mudo, em cada beija-mão,  em cada reverência ao cumprimentar elegantemente damas e cavalheiros, constantemente solicitados para moderníssimas fotos.

 

Viviane baile

 

O carnaval de Veneza é tudo isso e muito mais, é indescritível,  um deslumbramento, uma pitada de extinto glamour e encanto!

Quem o conhece não deixa de retornar, atraído pela sua alegria mansa, pela atmosfera mágica de um mundo feito de bailes, brincadeiras, desfiles, luxo. Um mundo de encontros românticos.

Silenciosa em seu deslumbramento, composta e quase séria, essa festa única, inesquecível, na maravilhosa cidade flutuante, prossegue impassível, destruindo corações através dos tempos, a fim de atá-los definitivamente a si.

Com enorme sucesso…

Viviane de Oliveira Figueiredo

 

Viviane em Veneza

 

(Visited 322 times, 1 visits today)
Tags: , , ,
0