Goya e a Ermida da Florida em Madri

A Ermida de Santo Antonio de la Florida é a única sobrevivente das três dedicadas ao santo, que existiram em Madrid. Situada próxima ao Rio Manzanares e à Estação de Príncipe Pio, a atual construção foi a terceira a ser realizada, sendo que as duas primeiras foram demolidas no séc. XVIII, devido a obras de reurbanização.

 

Ermita de Santo Antonio de la Florida

Ermida de Santo Antonio de la Florida

 

 Retrato de Francisco de Goya por Vicente Lopez Porta

Retrato de Francisco de Goya por Vicente Lopez Porta

 

Francisco José de Goya y Lucientes, mais conhecido apenas por Francisco Goya, foi um importante pintor espanhol da fase do Romantismo. Nasceu na cidade espanhola de Fuendetodos no dia 30 de março de 1746. Faleceu em Bordéus (França) em 15 de abril de 1828.
– Começou a carreira nas artes plásticas, aos 13 anos, como aprendiz do pintor Don José Luzan y Martinez. Nesta fase fazia cópias de pinturas famosas.
– Aos 18 anos foi morar em Madri e tentou duas vezes entrar na Academia de Belas Artes. Porém, foi rejeitado nas duas tentativas.
– Em 1771, destacou-se num concurso da Academia de Belas Artes de Parma (Itália).
– Em 1774, casou com Josefa Bayeu. Em Madri realizou pinturas de cenas mitológicas para várias fábricas de tapeçarias.
– Em 1780, entrou para a Academia de San Fernando e teve um importante reconhecimento com a obra La Crucificada.
– Em 1785, foi nomeado Primeiro Pintor da Câmara do Rei de Espanha.
– Em 1792, adquiriu uma doença desconhecida e ficou, por algum tempo, paralítico. A doença também atingiu sua visão a audição.
– Em 1793, recuperou-se da doença e voltou a pintar como artista da Corte Espanhola.
– Entre 1810 e 1814, realizou duas de suas obras mais famosas: Los Desastres de La Guerra e El segundo de Mayo de 1808.
– Em 1821, foi processado pela Inquisição, que considerou obscena a obra Majas.

– Retratou vários temas em suas pinturas: paisagens, cenas mitológicas, religião, imaginário, guerras, homens, mulheres, deuses, demônios e feiticeiros.
– Comédia, sátira, tragédia e farsa eram recorrentes em suas obras.
– Suas obras de maior destaque foram pinturas a óleo.
– Com cores vivas e fortes, transmitiu em suas obras os diversos sentimentos humanos (medo, sofrimento, angústia, felicidade, etc.)

Abóboda da Ermita de Santo Antonio de la Florida pintada por Goya

Abóboda da Ermida de Santo Antonio de la Florida pintada por Goya

 

A devoção a Santo Antônio de Pádua estava muito arraigada entre os madrilenhos, que acudiam ao santo em busca de um bom casamento. Dessa forma, durante o reinado deCarlos IV, foi edificada esta ermita, cujo nome se origina de um antigo palácio situado próximo a ela, denominado da Florida, que não existe mais. O templo foi construído entre 1792/1798 no estilo neoclássico, e encarregada ao arquiteto Felipe Fontana.

 

Ermita y Romeria de Santo Antonio de la Florida

Ermita y Romeria de Santo Antonio de la Florida

 

Desde que a ermida foi declarada paróquia em 1881, o culto ao santo se intensificou ainda mais, ameaçando com a fumaça das velas e os incensos a decoração pictórica do templo, realizada por Francisco de Goya (1746/1828), o pintor mais relevante de seu tempo e gênio indiscutível da pintura universal. Uma estátua em frente à ermita homenageia o grande artista.

 

Estátua de Francisco de Goya no local

Estátua de Francisco de Goya no local

 

Para diminuir o impacto dos prejuízos causados à pintura, a Ermida da Florida foi catalogada Monumento Nacional em 1905. Em 1928, no centenário da morte do pintor, para assegurar a conservação decorativa do templo, foi construída uma ermita gêmea, ao lado da original, destinada ao culto religioso, deixando a primeira construção como museu e panteão do pintor, a cargo da Real Academia de Belas Artes de San Fernando.

Goya faleceu em Bordeos, França, em 1828. Quando seus restos foram trazidos à Espanha em 1919, recebeu uma solene sepultura nesta capela. A lápide de granito situa-se aos pés do presbitério, e foi enterrado junto com seu amigo, Martin Miguel de Goicoechea. O altar maior localizado em cima da sepultura foi realizado  em estuco, medida adotada durante o reinado de Carlos III, que proibiu a utilização de madeira, devido ao risco de incêndios. O quadro representa a Adoraçao da Trindade e, na parte superior do ábside, atrás do altar maior, as pinturas de Goya se unem à celebração.

Vista da Ermita de Santo Antonio de la Florida

Vista da Ermida de Santo Antonio de la Florida

 

20111107_00037

 

O corpo do pintor carece de crânio, possivelmente separado do tronco para a realização de análises frenológicas (a Frenologia é uma teoria que estuda a relação do caráter e da personalidade com o formato da cabeça). A ermida possui uma planta de cruz grega, que lhe proporciona um conjunto centralizado e que ressalta a cúpula. Quando Goya completou a decoração, realizada em 6 meses durante o ano de 1798, tinha 52 anos e encontrava-se em sua plenitude artística. Era o pintor real e artista da moda na sociedade madrilenha. Para a decoração da cúpula, o pintor aragonês representou um dos milagres mais conhecidos de Santo Antônio de Pádua. Segundo a tradição, o santo foi transportado pelos anjos à Lisboa e pela graça divina fez com que um defunto respondesse às perguntas de um juiz, e confirmasse a inocência do pai do santo, que havia sido acusado de um crime.

 

Goya está enterrado no interior da Ermita

Goya está enterrado no interior da Ermida

 

A grande originalidade das pinturas é o reflexo da liberdade concedida ao pintor em sua execução. Goya realizou uma interpretação muito livre e pessoal do milagre que contemplamos. No séc. XVIII, na decoração das igrejas, o normal era colocar os episódios da Terra nas zonas inferiores, enquanto os do Céu, eram representados no alto do templo, como a cúpula. Goya inverte esta tradição barroca.

 

131741_635x357

 

 

Detalhe da pintura de Goya

Detalhe da pintura de Goya

 

No afresco, uma multidão assiste ao milagre, e nem o tempo, nem o local correspondem ao relato tradicional. Goya leva a cena do milagre ao séc. XVIII, ao ar livre, sendo que os personagens parecem madrilenhos, como os que participavam dos dias festivos na ermida. Este universo amável se transforma com a representação de figuras sinistras, cujo significado permanece um mistério.

 

43

 

 

Milagre de Santo Antonio de la Florida

Milagre de Santo Antonio de la Florida

 

O grupo principal é formado pelos personagens que protagonizam o milagre, sendo que Santo Antônio está situado em cima de uma rocha, ressaltando sua importância. Goya escolheu o momento em que invoca o defunto, e este começa a falar. O cadáver, com as mãos juntas, pertence ao tipo de figuras fantasmagóricas que, posteriormente, serão frequentes em sua obra. A misteriosa figura de perfil, com capa negra é, segundo a tradição, o próprio Goya.

Ao lado da cúpula, vemos anjos representados como mulheres de grande sensualidade e beleza, que se adequam a um mundo refinado e elegante, diferente do retratado na cúpula.

 

Belas mulheres representam os anjos

Belas mulheres representam os anjos

 

1111

 

 

Pintura de Goya - Ermita de Santo Antonio de la Florida 1788

Pintura de Goya – Ermida de Santo Antonio de 1788

 

2407759334_47e71252f1_m

 

 

4598340113_eab2174be5_m

 

 

Quero deixar meu testemunho particular: poucos lugares mexeram tanto comigo quanto este. A emoção de entrar num lugar inteiramente pintado por Goya e com uma energia tão especial, fez com que eu voltasse a um tempo sem tempo!!!!

 

Santo Antonio de la Florida resume a trajetória artística do pintor. Aqui aparecem os elementos tipicamente goyescos, junto a outros que caracterizarão sua obra posterior, antecipando a arte do Impressionismo. Não sem motivos, este pequeno templo, inacreditavelmente desconhecido para muita gente, é considerado atualmente como aCapela Sixtina do séc. XVIII.

(Visited 652 times, 1 visits today)