Pierre Soulages – pintor frances

Pierre Soulages

dl479&display&max=400

Nascido em Rodez,  Aveyron , em 1919, Soulages é também conhecido como “o pintor de preto” por causa de seu interesse pela cor, “… tanto uma cor e uma não-cor. Quando a luz é refletida no preto, o mesmo se transforma … e  abre-se  um campo mental muito próprio .Ele enxerga a luz como um campo a ser trabalhado no preto…transformar o não-brilho e não-cor em preto luminoso!!!

Antes da Segunda Guerra Mundial , Soulages já percorreu museus de Paris em busca de sua vocação e após o serviço militar em tempo de guerra, ele abriu um estúdio em Paris, mantendo a sua primeira exposição no Salão dos Independentes, em 1947. Ele também trabalhou como designer de cenários.

Em 1979, Pierre Soulages foi feito membro honorário dos Negócios Estrangeiros da Academia Americana de Artes e Letras .

De 1987 a 1994, ele produziu 104 vitrais para a igreja românica Abadia Sainte-Foy em Conques ( Aveyron , França ).

Soulages é o primeiro artista vivo convidado a expor no  Museu Hermitage de St. Petersburgo e mais tarde com a Galeria Tretyakov de Moscou (2001).

Uma composição que ele criou em 1959 foi vendido por 1.200.000 euros na Sotheby em 2006.

Em 2007, o Musée Fabre de Montpellier dedica uma sala inteira de Soulages, apresentando sua doação para a cidade. Esta doação inclui vinte pinturas que datam 1951-2006, entre os quais grandes obras da década de 1960, duas grandes obras mais negro da década de 1970, e vários grandes polípticos .

Uma retrospectiva de sua arte foi realizada no Centro Nacional d’Art et de Culture Georges Pompidou de outubro de 2009 a março de 2010. Em 2010, o Museo de la Ciudad de México apresentou uma retrospectiva de pinturas Soulages ”

dl480&display&max=400

dl481&display&max=400

Blue

dl482&display&max=400

O que é mais interessante no trabalho de Soulages, é perceber a riqueza de sensações que o Observador pode ter diante de seus trabalhos.

Preto não é uma cor, é uma não-cor; absorve a luz e mergulha o observador em um mar de sensações e pensamentos. Preto representa nossos medos , a escuridão, o desconhecido, o espaço, o infinito, os demônios… então olhar para a pintura de Soulages, é como mergulhar fundo em nós mesmos.

dl483&display&max=400

dl484&display&max=400

(Visited 662 times, 1 visits today)